quarta-feira, 7 de março de 2012

Ilusão

Com as mãos afastei o sofrimento,
a incerteza, a dúvida, o remorso
e me entreguei a essa espera radiosa.
Você pode surgir hoje, amanhã
ou talvez jamais venha;
não importa,
eu quero esperar.
É uma nova experiência
essa de não sofrer,
apenas aguardar.
Toda manhã agora é grandiosa
e toda noite misteriosa e linda;
as horas preciosas
e o tempo acolhedor.
Eu o sinto chegar de minuto a minuto...
...e assim a minha vida é inteiramente sua.


Maria da Conceição Ouro Reis, do livro A Lagoa do Fauno