terça-feira, 29 de abril de 2014

Projeto Personalidades Sergipanas



Projeto “Personalidades Sergipanas” 
Primeira edição - Mário Cabral

Em comemoração ao Centenário de Mário Cabral, vários eventos aconteceram e entre eles, destacamos, o do dia 30 de abril, organizado pela diretoria do Palácio-Museu Olímpio Campos, do qual participou a presidente da Academia Literária de Vida, Maria Lígia Madureira Pina.
Coral da Assembleia Legislativa de Sergipe
A abertura foi realizada pelo Coral da Assembleia Legislativa de Sergipe, com a execução do Hino Nacional e logo após a diretora Marieta Barbosa, falou sobre o Projeto Personalidades Sergipanas, que segundo ela: "o objetivo é produzir estudos em homenagem a personalidades que contribuíram para o desenvolvimento social, político, econômico e cultural do Estado através do debate entre conhecedores e estudiosos dos aspectos relevantes de suas obras”. Apresentou Domingos Pascoal, jurista, escritor e membro da Academia Sergipana de Letras como coordenador da mesa. A mesa foi composta por Anderson Nascimento - presidente da Academia Sergipana de Letras, Antônio Carlos dos Santos (conhecido como Du Aracaju ) cantor, poeta popular e secretário de Cultura do municipio de Porto da Folha; e as escritoras e membros da ASL - Maria Lígia Madureira Pina, Aglaé D’Avila Fontes e Ana Maria Fonseca Medina.  

Antonio, Pascoal, Anderson, Aglaé, Maria Lígia e Ana Medina
Domingos Pascoal explicou que "esse resgate que tem sido feito da memória de Mário Cabral, através de vários momentos como este, é qualquer coisa de maravilhoso". Para ele tem sido muito prazeroso ver movimentos literários se espalhando pelo interior do estado, como aconteceu em Itabaiana com a II Bienal do Livro, que foi um sucesso, e a criação de sete academias municipais, inclusive uma no Alto Sertão.
Inicialmente, para falar sobre Mário Cabral, coube a Ana Maria Medina, que escreveu a biografia do escritor, iniciada com ele ainda vivo. Ana apresentou um vídeo com detalhes mais marcantes citados no livro, contou da sua pesquisa e fatos importantes para que se conhecesse mais do homem que soube contar e cantar sua terra natal. José Anderson Nascimento falou sobre Roteiro de Aracaju tema bastante esplorado pelo escritor.
Aglaé D'Avila Fontes abordou o lado folclorista de Mário
Em seguida, Aglaé D’Avila Fontes, falou do folclore sob a ótica de Mário Cabral. De forma divertida colocou a platéia a brincar com as parlendas, as cantigas de roda que Mário citara nos livros e que várias pessoas ali presentes lembravam ter ouvido ou participado dessas brincadeiras.  Antonio de Aracaju falou sobre a poesia de Mário Cabral e conclui declamando duas poesias.
Finalizando, coube a Maria Lígia Madureira Pina ler uma crônica que ela escreveu com o título "Mário Cabral - O Missivista". Ali ela aborda a troca de cartas que manteve com ele por longos anos. Mário gostava de se corresponder com os amigos, nunca deixando carta sem resposta.
Marieta Barbosa - diretora do Palácio-Museu
Fechando a tarde festiva, Marieta Barbosa fez o convite para a próximo edição do Projeto, que será dia 29 de maio, neste mesmo local, e a personalidade homenageada será a primeira deputada sergipana - Quintina Diniz. Segundo a diretora Marieta, o projeto "Personalidades Sergipanas" será executado até março de 2015.