quinta-feira, 16 de março de 2017

Parabéns Aracaju




Museu de Arte e História: visita obrigatória


Magrinha, cabelos curtos, olhos inquietos, voz clara, tom irreverente, sempre bem humorada (só fica braba se lhe pisam os calcanhares...). É Rosa Faria, professora, pintora, museóloga e pessoa fantástica para todos que a conhecem. É uma artista e historiadora sergipana. Suas obras, mais que peças de arte, contam a história da nossa terra. Tudo isso está exposto na sua casa, hoje transformada em Museu de Arte e História Rosa Faria. As paredes e armários guardam as peças históricas, o que não permite que Rosa decore sua casa como a de qualquer outra pessoa. Seu Museu é o único em Aracaju e ela o construiu sem a ajuda de órgão nenhum. São suas economias, sua pequena aposentadoria distribuída  com muito amor e abnegação entre azulejos, porcelanas, telas, pincéis e molduras.
Rosa Faria não esquece nenhuma data, nenhuma personalidade, lugar ou fato histórico sergipano. Ela quer deixar para outras gerações esse instrumento de cultura e arte. 
(...) Isso ela não esquece, tenha ou não tenha verba. É ponto de honra - é preciso comemorar para marcar, perpetuar os grandes momentos, para que as futuras gerações tenham do que se orgulhar. (...) uma lição de patriotismo na forma mais nobre e honesta que se pode dar.

Trecho de matéria, escrita por Shirley Rocha  - Publicado no Jornal O Popular, mensal, de março de 1992.
Para conhecer mais sobre Rosa Faria visite a página Rosa Moreira Faria e a data maior de Aracaju nesta mesma seção Homenagem do mês - 17 de março de 2012.